Querido Jonh, que a maravilhosa e gloriosa luz da eternidade com o Pai lhe abrace

Este ao meu lado em uma foto tirada em 2006 é o João Carlos, conhecido como Jonh! Ser humano dos raros, muito tranquilo, brincalhão, excelente profissional e um zagueiro dos melhores que já vi jogando. Trazia uma segurança para qualquer um que com ele jogava.

Bem, esta manhã enquanto molhava as plantas e de fundo a canção “É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã…” recebi a notícia que ele foi conduzido para eternidade. Sim, outra surpresa pra mim, pois sequer sabia que estava doente.

Não compreendemos os desígnios do Pai, mas não tenham dúvidas que um dia saberemos e mesmo em meio a dor, vai ficando tudo claro. Claro como a luz deste dia de sábado. É assim que é a vida, “trem bala parceiro”, momento de reflexão do que somos e fazemos neste reservado tempo que nos foi presenteado. Amemos-nos uns aos outros, e deixemos sempre uma luz no brilho de seu olhar em cada despedida de quem quer que cruzarmos nesta vida. Orando pelos familiares enlutados, silêncio, reverência e reflexão foi como comecei o dia e como continuarei.

Querido Jonh, que a maravilhosa e gloriosa luz da eternidade com o Pai lhe abrace.

De seu amigo, Fernandão
(como costumava me chamar)

0 Comentários



Deixe o seu comentário.

Deixe seu comentário