Passé Gospel Fest (Adiado para Janeiro)

Passé Gospel Fast (Adiado para Janeiro)

Igreja Batista Colinas de Pituaçu Em Passé-Ba

Avivamento das Nações

Pastores: Deraldo e Andrea

O Nome Passé vem de origem do Tupi, dos índios Tupinambás, onde os mesmos habitavam nessa localidade até o dia em que chegaram aqui os portugueses, que tiveram confrontos com essa tribo indígena e sendo muitos dos índios mortos pelas tropas do Governador Mem de Sá, vindo assim os portugueses e se apossando das terras de Passé.
Nos anos de 1563, logo após a doação das sesmarias (Imensos lotes de terras) na região de Caboto, chegou à vez de Passé, onde padres jesuítas também foram beneficiados com esses imensos lotes de terras, afim de que a plantação de canaviais e a construção de engenhos fossem mais prósperas na região de Candeias.
Nesse tempo, Passe era um distrito de Salvador, assim como Caboto (Matoim), quando Candeias ainda era residida por poucos habitantes, mas com a descoberta do petróleo em 1941, o que era chamado de distrito da capital passou a ser cidade independente em alguns anos depois, sendo assim Passe e Matoim áreas pertencentes a Candeias, ou seja, distritos de Candeias.

Passé é um distrito de Candeias que é localizado à beira mar e é conhecido pela pesca e pela tradicional muqueca de peixe, onde tem atraído diverso turista e pessoas da própria região de Candeias.

Quer saber mais ? compareça no dia do evento, será contada a história da IBCP de Passé!!

Passé Fest

Passé Fest

1 comentário

  1. Ernani disse:

    Testando comentário com pergunta a ser respondida obrigatoria

Deixe seu comentário