O meu lado humano, dolorido, egoísta, ainda sem acreditar…

O meu lado humano, dolorido, egoísta, ainda sem acreditar, tem vontade de dizer:

-Senhor! Será que não houve um “equívoco” aí na hora de ter escolhido ela para levar?

O meu lado espiritual (de quem discerne e pensa em espírito) apenas dar razão a Deus, fica na saudade, na esperança do reencontro, agradecido por tudo ter acontecido conforme a Sua: boa, perfeita e soberana vontade…e diz:

-Oh Senhor, todavia, seja feita a Sua vontade, em mim, aos meus familiares e para ti. A poupastes de tantas outras coisas…conhecidas e desconhecidas de nós. Por enquanto só entendemos superficialmente em parte…Mas chegará o dia em que tudo fica tão claro…

Nando (Filhinho…)

TAGS:

0 Comentários



Deixe o seu comentário.

Deixe seu comentário