Datena detona pastor Lucinho, o cheirador de bíblia

Datena detona pastor Lucinho, o cheirador de bíblia

Pastor Lucinho marca um gol de marketing e consegue criar uma polêmica de alcance nacional, em todas as mídias. Até o apresentador Datena meteu a sua colher neste angú de caroço.

REDAÇÃO GENIZAH

Entre fotos e vídeos feitos pelo pastor para se defender das críticas – leia-se acender a polêmica – à foto promocional de sua autoria, juntando cocaina e Sagradas Escrituras no mesmo pacote, o pastor playboy valadete foi longe. Sobrou até para os blogueiros – que criticaram a polêmica fotografia – e que, em “agradecimento”, foram chamados de endemoniados. No final do terceiro vídeo abaixo, Lucinho alfineta os seus críticos na internet.
Sobre o vídeo acima, vale lembrar que Datena é um pai que viveu na pele a tragédia das drogas e conhece muito a questão. Ademais é um cristão fervoroso. Sua revolta é compreensível. Datena acredita que a figura usada pelo pastor, ao contrário de atingir bons resultados junto aos jovens envolvidos com drogas, resulta em uma associação perniciosa, além de ser um desrespeito com as Sagradas Escrituras.
A Palavra de Deus é o contrário de tudo isto ai. Deste inferno das drogas. Não se sinaliza a libertação mostrando algemas e tão pouco se proclama o Reino de Deus com símbolos das trevas”, opinou uma missionária atuante na cracolândia de Belo Horizonte, da mesma igreja do pastor Lucinho –  ela prefere se manter anônima-  “Não entendo como a liderança de nossa igreja pode apoiar uma sandice destas.”, finalizou.

A missionária concedeu entrevista ao site Genizah e faz referência ao líder da igreja batista da lagoinha, Pr. Márcio Valadão, o qual, segundo Lucinho, teria não só apoiado a peça promocional ousada, como teria afirmado que os críticos à iniciativa de seu pupilo  – membros, demais pastores e blogueiros – são todos uns “cabeças de minhoca”.

Segundo o mesmo Lucinho, na reportagem a seguir, da TV “estatal” da Lagoinha, o próprio pastor Márcio Valadão teria dito que, fosse ele trinta anos mais novo, teria feito a mesma fotografia. Assista:

Márcio Valadão tem mesmo tradição de polêmica, contudo, antes fosse o seu grande pecado o uso de imagens inadequadas, apeladoras. Há trinta anos, o mesmo estava ocupado em rachar a denominação batista ao importar a teologia da confissão positiva para o Brasil. Seguiu-se a teologia da prosperidade mais descarada, ramo da primeira, e depois as unções extravagantes, o cai-caie outras heresias. Somente um heresiarca deste porte para apoiar tal iniciativa de seu pastor de jovens.

Estamos perdidos! A igreja é “cabeça de minhoca”. Só os Valadão são sábios e justos! Eles estão acima da crítica. Quem não entende seus “moveres” e não aceita o seu marketing do misticismo são incapazes de discernir as coisas de Deus e só servem para fertilizante e isca de peixe. Ou seja, Valadão disse, segundo o Pr. Lucinho, que a cabeça da igreja está cheia de estrume, opinou Danilo Fernandes, editor do site Genizah. Ao nobre pastor, respondemos: – Minhocas não gostam mesmo de vocês! Minhoca quando toma banho em lagoinha é porque já virou comida de bagre!, provocou o editor.


No vídeo abaixo o neófito pastor de jovens capitaliza a fama conquistada para lançar a sua nova, brilhante, louca e espetacular campanha “tome banho com a sua bíblia” e ainda detona os blogueiros e críticos – “Os blogueiros e demônios PIRA” disse o moço. Veja:

Já virou moda mesmo! Para neopentecostal blogueiro é sinônimo de demônio. Já tem templo organizando sessão de desemBLOGAMENTO de legiões cybernéticas: Liberte seu PC dos capetas da web! Mude para MAC.

Leia Mais em: http://www.genizahvirtual.com/2012/09/datena-detona-pastor-lucinho-o.html#ixzz2B3NDtTk9
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial Share Alike

2 Comments

  1. Cool disse:

    Dead indited content, Really enjoyed reading.

  2. A instituição foi fundada em 2010 por Finn Henrik Larsen, pastor da Igreja Pentecostal do Arco-Íris (“Regnbuen” em norueguês), com o propósito de oferecer cursos de 2 anos para jovens recém saídos do ensino médio, com o objetivo de treiná-los “a se tornarem líderes de igrejas, organizações e da sociedade”.

Deixe seu comentário