Citações de trechos de Livros que edificam

Ante iniciar a citar os trechos de livros que me marcaram e ainda marcam, desenvolvendo em mim o conhecimento para a prática daquilo ao qual me sinto chamado. Devo por dever de consciencia fazer notório, que sou muito grato ao meu irmão Aurelino Cruz que juntamente com sua digníssima esposa  Alcina me presentearam com dois grandes livros, No qual sem saber eles , através dos livros houve um DESPERTAR na denominação em que faço parte, através do resgate de valores outrora esquecidos pela Igreja.

Citações….

Qual deveria ser a relação entre evangelismo e ação social no contexto de nossa responsabilidade cristã total ? […]

Alguns co nsideram a ação social um meio de evangelismo.Neste caso,evangelismo e conversão são objetivos principais, mas aaçõ social é um meio preliminar útil e efetivo para alcançar os objetivos. Em sua forma mais ostensiva, isto faz do trabalho social o açucar no comprimido, a isca no anzol, ao mesmo tempo que em sua melhor forma, da ao evangelho uma credibilidade que, d eoutra maneira, ele não teria. Em qualquer dos casos o cheiro de hipocrisia permeia nossa filantropia.[…]

A segunda maneira de relacionar evangelismo e ação social diz respeito a ação social não como um meio para evangelismo, mas como uma manifestação do evangelismo, ou, pelo menos, do evangelho que está sendo proclamado. Neste caso, a filantropia não está anexa ao evangelismo de modo artificial, mas cresce a partir dele como sua expressão natural[…]

O terceiro modo de explicar a relação entre evangelismo e ação social, que creio ser na sua forma verdadeiramente cristã, é ver a ação social como parceira do evangelismo. Como parceiros, os dois se completam, mas cada um se sustenta por sie possui sua própria autonomia[…]

E existe ainda a diversidade de chamados cristão, e  todo cristão deve ser fiel ao seu próprio chamado. O médico não deve negligenciar a prática da medivina para evangelizar, nem o evangelista deve se distrair do ministério da pa

Haverá momentos em que o destino eterno da pessoa é a consideração mais urgente. Porém, outras vezes a necessidade material da pessoa será tão premente que ela não será capaz de ouvir o evangelho. Se o nosso inimigo estiver faminto, nosso mandato bíblico não é evangelizá-lo, mas alimentá-lo (Romanos 12.20) !

E existe ainda a diversidade de chamados cristãos, e todo cristão deve ser fiel aos eu próprio chamado. O médico não deve negligenciar a pratica da medicina para evangelizar, nem o evangelista deve se distrair do ministério da palavra para ministrar as mesas (Atos 6)

Do livro A missão cristã de John Stott

1 comentário

  1. ELDA RABELO disse:

    John Stott!Comecei a conhecê-lo a pouco tempo,a partír do momento em que começamos a estudar a revista entitulada “A Cruz de Cristo” com 17 lições baseadas no livro dele e que tem este mesmo tema.Inclusive, gostaria de registrar aqui, uma citação maravilhosa,também de John Stott,que diz assim:”Só podemos nos aproximar da cruz com a cabeça curvada em espírito de contrição.E aí permaneceremos até que o Senhor Jesus nos conceda ao coração Sua palavra de perdão e aceitação, e nós, presos por Seu amor, e transbordantes de ação de graças, saiamos para o mundo a fim de viver as nossas vidas no serviço Dele”.Eu louvo ao Senhor pela vida destes escritores que cumprem bem o chamado de Deus nas suas vidas nos instruindo, nos conduzindo, e até mesmo nos admoestando,em um aperfeiçoamento em Cristo Jesus e na sua Palavra, como no caso dele mesmo John Stott, de Augusto Cury, Max Lucado,Don Gossett,Charles M.Sheldon, e muitos outros.Louvado seja o Senhor nosso Deus!.Eu estou de pleno acordo quando John Stott afirma que a ação social e o evangelismo são parceiros e que se completam, mas cada um tem sua própria autonomia.Sim,é verdade,quem faz ação social faz ação social e quem faz evangelismo faz evangelismo, a diferênça está na maneira como se aplica e na principal finalidade a ser alcançada,é o”ser” e o “estar”.Deus repartiu dons e talentos a cada um de nós,mas para cada um Ele tem um chamado específico.Cada pessoa tem uma missão aqui neste mundo, cabe a cada um de nós escolher executar ou não.São duas as dimensões:Dimensão Universal e Dimensão pessoal.Em Efésios 4:11 e 12 diz assim:E Ele mesmo deu uns para apóstolos,e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores,querendo o aperfeiçoamento dos santos,para a obra do ministério,para edificação do corpos de Cristo. Evangelizar é um dever de todo cristão, porém,Deus chama a cada um em particular para um chamado específico em seu Reino.Desenvolver uma ação social é algo maravilhoso, assim também como evangelizar,e quando juntamos os dois,então se torna maravilhosíssimo!Portanto, todo cristão deve buscar o chamado de Deus para sua vida.Infelismente, hoje em nossos dias,a obra do Senhor tem sofrido,porque muitos tem se “autodenominado”, negociam ministérios como se a Obra do Senhor fosse uma empresa, esquecem que o dono da Obra é Jesus Cristo.Ter dons é uma coisa e ter chamado é outra,mas, os dons cooperam muito para o cumprimento do “chamado”, e é através do Espírito Santo que Deus distribui os dons, habilidades e aptidões a cada um conforme a vontade Dele.Descubra o seu chamado buscando ao Senhor e lembre-se:”Um ministério frutífero é composto por pessoas certas que estão nos lugares certos”.Complemento aqui com a palavra de Deus em I Corintios 12:4-7.Que o Senhor Deus continue abençoando!Shalon Adonay!

Deixe seu comentário